03/09/2019 - TEMA: Histórias de Sucesso

PROJETO EDUCAMPO NA REGIÃO DO ALTO PARANAÍBA, MG


O projeto EDUCAMPO LEITE, uma iniciativa do SEBRAE – MG no ano de 1997, foi desenvolvido para fornecer assistência técnica e gerencial em fazendas leiteiras, fazendo o levantamento dos custos de produção da atividade, analisando os dados de modo a buscar sempre a maior eficiência econômica das propriedades. O incontestável crescimento econômico dos produtores rurais participantes é demonstrado pela evolução dos indicadores técnicos e econômicos de sua atividade e da melhoria de sua condição social. O projeto EDUCAMPO fornece toda a estrutura e instrumentos de acompanhamento e avaliação necessários para a efetividade da metodologia. Mas o seu sucesso depende majoritariamente de pessoas com perfis adequados para a sua gestão. Pessoas com compromissadas e com conhecimento técnico suficiente para conduzir o projeto rumo ao objetivo.

Nesse aspecto, o projeto EDUCAMPO da região do Alto Paranaíba - MG, criado em parceria com o Laticínio TIROLEZ, conta com o profissionalismo do médico veterinário Otávio Almeida Lino de Paula. Formado pela UFV – Universidade Federal de Viçosa - MG, Otávio se dedica ao seu aprimoramento em Gestão da Pecuária Leiteira desde a Escola Técnica, também realizada na mesma universidade, no Campus de Florestal. Durante a sua graduação participou ativamente do Programa de Desenvolvimento da Pecuária Leiteira da região de Viçosa (PDPL-RV), onde adquiriu forte experiência no setor. Em janeiro de 2018, assim que se graduou, assumiu a consultoria deste grupo de produtores. Daí para frente os resultados positivos vêm se multiplicando.

Segundo Otávio, “na região do Alto Paranaíba a terra tem um preço elevado em relação às demais regiões. Com isso, torna-se essencial a intensificação do sistema de produção, visando aproveitar ao máximo cada área disponível na propriedade, aumentando a taxa de giro do capital empatado. Mas a realidade de muitas fazendas ainda é a baixa eficiência no uso da terra, inclusive de algumas fazendas participantes do nosso grupo. Para que possamos alcançar esse objetivo identificamos propriedades que se destacam e vêm se tornando referência no grupo, e as usamos como exemplo para aprimorar as demais na eficiência da lavoura, buscando maior produtividade por hectare e, também, no melhoramento genético do rebanho, aumentando assim a média de litros/vaca/dia”.

Neste grupo de produtores em específico, um dos que merecem destaque devido ao seu empenho, profissionalismo e disposição, sempre buscando o que melhor se encaixa em sua realidade, é o Sr. José Geraldo Soares. José Geraldo é proprietário da Fazenda Gamelão, localizada no município de Carmo do Paranaíba - MG. Embora ao longo do ano ele compre uma pequena quantidade de silagem de milho para complementar a alimentação de seu rebanho, a fazenda é referência na eficiência do uso da terra e no desempenho reprodutivo do rebanho, com uma produção média diária de aproximadamente 1.300 litros de leite em apenas 11 ha.

A Fazenda Gamelão apresenta atualmente uma média de 21,5 litros de leite por vaca em lactação por dia, em um sistema confinado que não dispõe de uma estrutura cara, utilizando apenas cochos e piquetes com sombra restrita. É uma produção realmente significativa, também considerando que utiliza a inseminação artificial há apenas 2 anos. A reprodução é outro grande diferencial observado, sendo que o filho do proprietário, João Paulo, é quem insemina os animais, alcançando a marca considerável de 1,66 serviços/prenhez.

Vacas de alta produção sendo alimentadas após a ordenha Lote de vacas com alta produção logo após ordenha - Fazenda Gamelão.

Bezerras de inseminação artificial Bezerras provenientes de inseminação artificial no bezerreiro novo - Fazenda Gamelão.

A fim de conduzir outras fazendas para resultados semelhantes a esse, Otávio tem trabalhado fortemente na capacitação de mão de obra, no uso de IATF – Inseminação Artificial em Tempo Fixo, na palpação mensal de todas as vacas e novilhas não gestantes com a avaliação ovariana e de condição uterina, recomendando as medidas necessárias caso a caso.

Além da Gamelão, cabe também citar resultados obtidos em outras fazendas do grupo. Em uma delas, onde recentemente foi implementada a Inseminação Artificial, com um treinamento intensivo do inseminador, rapidamente foi atingida uma Taxa de Concepção de 55%. Esse resultado representou um aumento de 10% no desempenho que vinha sendo obtido com os touros anteriormente utilizados.

Segundo o veterinário, um dos grandes diferenciais de fazendas como estas que alcançam excelentes resultados em reprodução, está intimamente ligado com a observação de cio, que deve ser feita de forma correta e em momentos estratégicos do dia, resultando em melhores resultados no uso da inseminação artificial.

Diagnóstico de gestação em vaca de leite Diagnóstico de Gestação - fazenda Gamelão - Otávio Ameida Lino de Paula.

“A fim de alcançar estes resultados nas fazendas do grupo foi de fundamental importância uma ferramenta que pudesse otimizar o meu tempo, gerando os relatórios necessários, facilitando o meu trabalho”, diz Otávio, “Desta forma contratei a licença do software Pecuária Brasil Gado de Leite, que hoje é indispensável na minha rotina no campo. Logo que chego à propriedade, alimento o software com as informações básicas (partos, secagem de vacas, inseminações, etc.) e o mesmo gera os relatórios para que eu saiba quais os animais devem ser avaliados de acordo com a realidade de cada fazenda. Para isso ele permite ajustes como: período voluntário de espera, idade de aptidão de novilhas e tempo mínimo para diagnóstico de gestação. Diferente de outras ferramentas menos avançadas, como as planilhas de Excel, o programa possui alguns “bloqueios” para evitar erros de lançamentos. Por exemplo, não há como lançar pesagem de leite de uma vaca que está seca. Com isso, no dia a dia, detectamos inclusive alguns erros de anotação por parte dos produtores e funcionários. Acho importante ressaltar as ferramentas que geram relatórios de campo de fácil entendimento para serem entregues aos produtores, como: Vacas para Secar, Previsões de Parto, Relatório para Pesagem de Leite; além dos relatórios que se destinam ao uso do consultor, como: Fêmeas para Vacinar contra Brucelose, Relatório para Arraçoamento, dentre vários outros.”

O profissionalismo do médico veterinário Otávio aliado à estrutura e metodologia proporcionada pelo Projeto EDUCAMPO, em parceria com o Laticínio TIROLEZ, é receita certa para conduzir este grupo de produtores de leite a um contínuo crescimento econômico. E nós, da Pecuária Brasil, nos orgulhamos em poder colaborar com a este trabalho através de nossas soluções em Gestão na Pecuária.


Leia mais artigos em nossa página de conteúdo técnico em pecuária

Conheca o LACTAS www.lactas.com.br e os nossos softwares de funcionamento local (no seu PC) Softwares Pecuária Brasil.

Palavras chave:Projeto Educampo, Custos de Produção na Pecuária de Leite, eficiência econômica, reprodução, taxa de coberturas, taxa de detecção de cio, vacas, produção de leite, software gado de leite, desempenho reprodutivo


Deixe seu comentário, é importante para nós. Sua experiência enriquece nosso trabalho, e contribuirá com todos que lerem este artigo depois de você.