MÓDULO BIOTÉCNICAS REPRODUTIVAS

O Módulo Biotécnicas Reprodutivas é uma ferramenta específica para auxiliar no gerenciamento das Transferências de Embriões e Produções in Vitro de Embriões realizadas no rebanho. Com ele você terá à mão todo o histórico do que foi realizado, controle de estoque de embriões congelados, rastreabilidade dos embriões utilizados, estatísticas para avaliação de desempenho de doadoras e muito mais.

ASSISTA AO VÍDEO


COLETA DE EMBRIÕES / PRODUÇÃO IN VITRO DE EMBRIÕES

Tela para controle de todas as coletas de embriões e/ou produções in vitro realizadas. Em um só lugar é possível acompanhar todo o histórico da coleta ou produção in vitro, desde a inseminação e coleta, ou aspiração (em caso de FIV), passando pelo número de embriões produzidos, até o estoque de embriões congelados, receptoras inovuladas, e produtos gerados.

Veja mais detalhes abaixo:

- INCLUSÃO DE COLETA DE EMBRIÕES:
A partir de uma doadora para a qual já tenha sido lançada uma inseminação artificial, informa-se:

- a data da coleta;
- o número de embriões viáveis, inviáveis e total;
- um número de partida para controle da coleta ralizada;
- cadastrar cada embrião viável produzido, com uma identificação (ID) para cada um;
- indicar se o embrião foi congelado e, se sim, em qual botijão, caneca, raque e palet ele se encontra.

Ao incluir uma coleta, os embriões cadastrados entram em estoque, disponiveis para uso imediato ou para armazenamento caso sejam congelados.

- INCLUSÃO DE PRODUÇÃO IN VITRO DE EMBRIÕES (PIV):
A inclusão de uma PIV contém várias etapas que são lançadas na mesma tela, mas em momentos diferentes. O processo começa com o lançamento da aspiração folicular(OPU) e da maturação (MIV), informando:

- a data da aspiração;
- o número de partida para identificação;
- a doadora;
- número de oócitos viáveis e inviávies aspirados;
- técnico responsável pelo processo;

O passo seguinte é o lançamento da fertilização (FIV):

- data da fertilização;
- sêmen utilizado;

E por último o cultivo, que também pode ser informado momento a momento:

- n° de oócitos clivados;
- n° de oócitos clivados em D4;
- n° de embriões em D7;
- cadastrar cada embrião viável produzido, com uma identificação (ID) para cada um;
- indicar se o embrião foi congelado e, se sim, em qual botijão, caneca, raque e palet ele se encontra.

Ao incluir uma PIV, os embriões cadastrados também entram em estoque, disponiveis para uso imediato ou para armazenamento caso sejam congelados.

- LANÇAMENTO DE INOVULAÇÕES:
Os embriões cadastrados estarão disponíveis para serem usados, congelados ou a fresco, através da inovulação nas receptoras:

- pela tela de lançamento de Inovulações tem-se acesso à tela de estoque de embriões, tanto dos congelados quanto dos que serão utiliados a fresco, para selecionar o embrião utilizado;
- ao lançar a inovulação de um embrião em uma receptora ele será baixado do estoque.

- LANÇAMENTO DE DIAGNÓSTICO DE GESTAÇÃO:

- na tela de lançamento de Diagnóstico de Gestação informa-se a data e o resultado do diagnóstico de cada receptora;
- para diagnósticos positivos pode-se informar o sexo do embrião, se for realizada a sua sexagem.

- RELAÇÃO DE COLETAS DE EMBRIÕES:
São relacionadas todas as coletas realizadas. Além das informações lançadas durante o cadastro, são destacadas várias outras que ajudam na rastreabilidade de cada coleta, como:

- n° de embriões já inovulados;
- quantos diagnósticos positivos já foram realizados para os embriões frutos de uma coleta;
- quantos embriões ainda estão em estoque.

Estes dados podem ser filtrados por data/período de realização ou por matriz. Além disso, é possível imprimir uma relação destas informações, agrupadas ou não por matriz. A impressão apresenta as seguintes estatíticas (geral ou por matriz):


- total de coletas realizadas;
- total de embriões viáveis e inviáveis produzidos;
- porcentagem de embriões viáveis produzidos;
- total de embriões inovulados;
- total e porcentagem de prenhezes confirmadas com estes embriões produzidos;
- total de embriões em estoque.


- TELA DE CONSULTA POR COLETA DE EMBRIÕES:
A partir da tela anterior é possível consultar individualmente cada coleta de embrião realizada. Na tela de consulta individual são detalhadas as indormações da coleta, como:

- doadora e reprodutor utilizados;
- data de inseminação/cobertura e de coleta;
- n° de partida;
- n° de embriões viáveis e inviáveis produzidos.

Além disso, cada embrião produzido é relacionado individualmente nesta tela, com os seguintes dados:


- ID do embrião;
- se foi congelado ou não;
- a data de inovulação;
- receptora qem que foi inovulado;
- data e resultado do diagnóstico de gestação;
- o sexo do embrião, se houver sido realizada a sexagem durante o diagnóstico;
- caso o parto já tenha acontecido, a data do parto e o número de identificação do produto oriundo deste embrião.

- RELAÇÃO DE PRODUÇÕES IN VITRO DE EMBRIÕES:
São relacionadas todas as PIVs realizadas. Além das informações lançadas durante o cadastro, são destacadas várias outras que ajudam na sua rastreabilidade e avaliação, como:

- porcentagem de oócitos clivados em D4;
- porcentagem de embriões viáveis em D7;
- n° de embriões já inovulados;
- quantos diagnósticos positivos já foram realizados para os embriões frutos de uma coleta;
- quantos embriões ainda estão em estoque.

Estes dados podem ser filtrados por data/período de realização ou por matriz. Além disso, é possível imprimir uma relação destas informações, agrupadas ou não por matriz. A impressão apresenta as seguintes estatíticas (geral ou por matriz):


- total de PIVs realizadas e de doadoras;
- total de oócitos clivados, clivados em D4 e embriões em D7 produzidos;
- porcentagem de oócitos em D4 e embriões em D7;
- total de embriões inovulados;
- total e porcentagem de prenhezes confirmadas com estes embriões produzidos;
- total de embriões em estoque.


- TELA DE CONSULTA POR PRODUÇÃO IN VITRO DE EMBRIÕES:
A partir da tela anterior é possível consultar individualmente cada PIV realizada. Na tela de consulta individual são detalhadas as indormações da PIV, como:

- matriz aspirada;
- data de aspiração folicular;
- n° de partida;
- ténico responsável;
- n° de oócitos viáveis e inviáveis;
- data da fertilização;
- sêmen(reprodutor) utilizado;

Além disso, cada embrião produzido é relacionado individualmente nesta tela, com os seguintes dados:


- ID do embrião;
- se foi congelado ou não;
- a data de inovulação;
- receptora qem que foi inovulado;
- data e resultado do diagnóstico de gestação;
- o sexo do embrião, se houver sido realizada a sexagem durante o diagnóstico;
- caso o parto já tenha acontecido, a data do parto e o número de identificação do produto oriundo deste embrião.

- TELA DE CONSULTA POR EMBRIÃO:
A partir da tela de Consulta por Coleta de Embrião ou de Consulta por PIV é possível consultar individualmente cada embrião produzido. Nesta tela é detalhada uma série de informações, como:

- ID do embrião e Partida da sua coleta;
- doadora e reprodutor utilizados no acasalamento;
- data da inseminação/coberturada doadora e da realização da coleta;
- se foi congelado, em que botijão, caneca, raque e palet está;
- se foi inovulado, a data da inovulação e a receptora utilizada;
- o técnico responsável pela inovulação;
- data e resultado do diagnósitico de gestação, resultado da sexagem do embrião;
- previsão de nascimento, idade do embrião/feto, e data de nascimento caso já tenha nascido;
- identificação do produto nascido.

ESTOQUE DE EMBRIÕES

A tela de Estoque de Embriões apresenta uma relação de todos os embriões já produzidos. É possível visualizar tanto uma relação dos que ainda estão em estoque quanto dos que já foram utilizados.
As possibilidades de filtragem são: embriões produzidos por PIV ou por Coleta de Embriões, congelados ou não, por data da coleta, data do D7 para PIV, data da inovulação, partida da Coleta ou PIV, matriz e reprodutor.

Na relação de embriões listada são apresentadas as seguintes informações:

- ID do embrião, tipo (Coleta ou PIV) e Partida da sua Coleta ou PIV;
- identificação da doadora e do reprodutor utilizados no acasalamento, com n° de registro na associação;
- data da Coleta ou da aspiração e do D7 em caso de PIV;
- se foi congelado, em que botijão, caneca, raque e palet está;
- se foi inovulado, a data da inovulação e a receptora utilizada;
- data e resultado do diagnósitico de gestação, e o resultado da sexagem do embrião;
- previsão de nascimento, idade do embrião/feto, e data de nascimento caso já tenha nascido;
- identificação do produto nascido.

RECEPTORAS GESTANTES

Nesta tela são listadas as receptoras gestantes, apresentando as seguintes informações:

- Identificação da receptora;
- ID do embrião, tipo (Coleta ou PIV) e Partida da sua Coleta ou PIV;
- se foi embrião congelado;
- identificação da doadora e do reprodutor utilizados no acasalamento, com n° de registro na associação;
- data da inovulação;
- data do diagnósitico de gestação e resultado da sexagem do embrião;
- idade gestacional e previsão de parto.

MAIS INFORMAÇÕES

- O MÓDULO BIOTÉCNICAS pode ser integrado aos softwares Pecuária Brasil Gado de Leite, Pecuária Brasil Gado de Corte e Pecuária Brasil Ovinos, NÃO funcionando separadamente, somente integrado a um deles;
- Clientes que já possuem a licença de algum destes softwares podem adquiri-lo separadamente para integração.



FAÇA SEU PEDIDO

Para clientes que possuem uma licença e querem adquirir o MÓDULO BIOTÉCNICAS REPRODUTIVAS

Valor e formas de pagamento:

R$ 849,00


Cartão de Crédito

em até 10X SEM JUROS, pelo PagSeguro (compras nacionais) ou PayPal (compras internacionais)

Veja valor das parcelas no cartão


Boleto Bancário

à vista com 10% de desconto

em até 10 X (entrada + 9 parcelas)

Veja valor das parcelas no boleto bancário

* O software será disponibilizado através de download após confirmação do pagamento.
* Em caso de parcelamento no boleto bancário, será disponibilizado após o pagamento da primeira parcela.