Pecuária Brasil - Notícias - 15/06/2018

A Pecuária Brasil estabelece parceria com o PDPL/PCEPL - Programa de Desenvolvimento da Pecuária Leiteira da Região de Viçosa, MG.


Unidos por objetivos em comum em prol da pecuária leiteira, a Pecuária Brasil e o PDPL / PCEPL firmam uma parceria que é motivo de grande honra para nós, e certamente trará muitos benefícios para todos nossos clientes.

O PDPL é um programa de estágio para estudantes de Agronomia, Medicina Veterinária e Zootecnia, mantido pelo convênio firmado entre a empresa NESTLÉ e a FUNARBE, órgão vinculado à UFV – Universidade Federal de Viçosa, MG. A FUNARBE é responsável pela administração de convênios e prestação de contas aos órgãos públicos de fiscalização.

O programa iniciou suas atividades em 1988 e, desde então, tem prestado relevantes serviços de assistência tecnológica e sociológica a produtores de leite da região. Atua por meio de estudantes da UFV, sob a coordenação de uma equipe técnica altamente capacitada, composta por Agrônomos, Veterinários e Zootecnistas. Presta serviços a mais de 40 propriedades leiteiras da região, difundindo conhecimentos tecnológicos na otimização da produção de leite, os quais abrangem administração rural, prevenção e cura de doenças, melhoramento genético, reprodução, alimentação e manejo animal, administração econômica, tecnologia para plantios, melhoria na qualidade do leite, aumento de produção e produtividade, redução dos custos.

Vacas da raça Girolanda - Programa de Desenvolvimento da Pecuária Leiteira

Nestes 30 anos de existência os resultados alcançados são mais do que expressivos, como, por exemplo, o aumento médio da produção de leite / hectare / ano de 450 para 2875,92 litros, a redução do intervalo entre partos de 24 para 12 meses e da idade ao primeiro parto de 40 para 27 meses. Com isso, o projeto se tornou um modelo de trabalho para outros programas semelhantes, sendo também o berço do Projeto EDUCAMPO, um programa de assistência técnica e gerencial do SEBRAE a grupos de produtores rurais de todo o Brasil.

O papel da Pecuária Brasil nesta parceria é fornecer os softwares PECUÁRIA BRASIL GADO DE LEITE e LACTAS para utilização em um grupo de fazendas assistidas pelo PDPL. Fornece também treinamento para os estagiários responsáveis pela assistência técnica a estas propriedades. Com isto, além de disponibilizar essas ferramentas para o programa, os estagiários recebem mais esta importante capacitação técnica por meio do PDPL, aprendendo a utilizar uma grande plataforma de apoio à assistência técnica no campo.

Além disso, como o LACTAS é um software online, que pode ser acessado de qualquer terminal com internet, técnicos, estagiários, produtores e funcionários podem visualizar de forma fácil todos os relatórios estatísticos e operacionais do rebanho de seu próprio computador, em tempo real. Dessa forma a integração entre todos os envolvidos no processo administrativo da propriedade é beneficiada com um fluxo de informações muito mais rápido e eficaz entre eles.

Como contrapartida fornecida pelo PDPL, nossas plataformas de trabalho são validadas e recebem excelentes orientações de melhorias feitas pela equipe técnica. Temos, dessa forma, fortalecida a certeza de estarmos cada vez mais no caminho certo, proporcionando ferramentas altamente profissionais e eficazes para nossos clientes.

A parceria iniciou-se há pouco mais de 6 meses, com bons resultados já alcançados e muitas perspectivas de ações a realizar. Entre elas, estamos iniciando um estudo de benchmarking no grupo de propriedades que estão utilizando os nossos softwares. Com os relatórios existentes no LACTAS, que comparam indicadores técnicos entre as propriedades, esse trabalho é facilitado. Entre outras vantagens, o processo de benchmarking fornece uma visão detalhada dos pontos que precisam ser melhorados, identificando propriedades que possuem realmente um desempenho melhor em cada um destes quesitos, permitindo identificar, difundir e padronizar tecnologias de resultado comprovado.

Em breve teremos mais boas notícias sobre este assunto. Aguardem.